10 de dezembro de 2014

Achas que conheces todas as espécies de raposa existentes?

Todos nós já ouvimos falar da tão famosa raposa, até mesmo nos contos infantis onde esta é tratada como um animal esperto e oportunista. . O seu género é Vulpes e este é amplamente distribuído pela África, Eurásia e América do Norte. Sendo a espécie mais abundante e conhecida a raposa-vermelha (Vulpes vulpes).

Agora proponho-vos uma questão! Quantas espécies de raposa existem pelo mundo fora? E será que as conheces a todas?
A verdade é que são imensas, mas abaixo poderão ficar a saber algumas das mais interessantes espécies de raposa. 

1. Raposa-vermelha

Como seria de esperar a raposa-vermenha (Vulpes vulpes) não poderia ficar fora desta lista. É uma espécie de médio porte, com os pelos geralmente castanho-avermelhados (nos filhotes essa pelagem é castanho-escura, e só depois dos primeiros 6 meses de vida sua coloração se torna igual a dos adultos). É também um dos carnívoros com maior distribuição no mundo, estendendo-se desde a América do Norte à Eurásia e, em esparsas populações, no norte de África e até mesmo na Austrália onde foi introduzida para controlar uma população de coelho.

2. Raposa-veloz

A raposa-veloz (Vulpes velox) é uma pequena raposa encontrada nas pradarias ocidentais da América do Norte. Os adultos pesam entre 2 a 3 kg e são aproximadamente do tamanho de um gato doméstico. A sua pelagem é cinza claro com uma coloração alaranjada/bege nas laterais e nas pernas. 

3. Raposa-do-deserto

A raposa-do-deserto ou feneco (Vulpes zerda) é uma pequena raposa, apesar de ter orelhas de cerca de 15 cm, para perder facilmente calor. Pesa no máximo 1,5 kg e chega a medir 20 cm de altura e 40 de comprimento. A cauda pode medir até 15 cm e o seu pêlo tem cor de areia o que a ajuda a esconder-se no deserto. Habita regiões desérticas, semidesérticas e montanhosas do Norte de África e da Península Arábica. 

4. Raposa-do-himalaia

A raposa-do-himalaia (Vulpes ferrilata) é uma espécie de raposa endémica que habita o planalto tibetano, no Nepal, China, Índia em altitudes até cerca de 5300 metros. Tem pelos macios e grossos, que a protege dos ventos das montanhas altas, com um subpêlo denso que varia de castanho a amarelo enferrujado na sua coloração.  E tem um rosto que parece quadrado, o que é uma ilusão criada por sua grande juba.

5. Raposa-afegã

A raposa-afegã é uma pequena raposa encontrada em certas regiões do Oriente Médio. Habita regiões semi-áridas, estepes e montanhas do Afeganistão, Egito, Turquestão, nordeste do Irã, sudoeste do Paquistão, Palestina e Israel. Como todas as raposas que habitam desertos, a raposa afegã tem orelhas grandes, o que lhe permite dissipar o calor. O comprimento de sua cauda é quase igual ao comprimento de seu corpo. A sua pelagem é castanha-claro, com a parte inferior branca, e a ponta da cauda preta. Mede em média 42 centímetros mais a cauda que são cerca de 30 centímetros e o seu peso varia entre 1,5 e 3 kg.

6. Raposa-do-cabo

A raposa-do-Cabo (Vulpes chama) é uma pequena raposa, possui um pêlo preto ou prateado, com os lados e a parte de baixo amarelo claro e a ponta da cauda preta. Mede de 45 a 61 cm de comprimento, não incluindo a cauda de 30 a 40 cm. E pesam geralmente 3,6 a 5 kg. É encontrada na África do Sul, do Zimbábue a Angola. Prefere as savanas abertas e as regiões semi-áridas do sudoeste da África, de Zimbábue ao sul da província do Cabo.

7. Raposa-das-estepes

A raposa-das-estepes (Vulpes corsac) é uma das raposas genuínas da Tribo Vulpini. Têm o pêlo cinza e avermelhado. Vive na Mongólia na Ásia central e oriental, principalmente em áreas de estepe ou em meios de desertos. O comprimento da cabeça e do corpo vai de 50 a 60 cm, e o comprimento da cauda, de 22 a 35 cm.

Não te esqueças de seguir a página de facebook do blog, pois muitas outras curiosidade se encontram lá!
Fonte: http://pt.wikipedia.org/

13 comentários:

Adriana Castro disse...

Que lindas, não conhecia todas essas espécies :)

P' disse...

Ai são todas tão lindas *.* o mundo animal realmente é de uma beleza sem igual!

r: eu acho que a cenoura cozida parece que até fica mais doce e eu não gosto muito disso xD

Inês disse...

Acho este animal fantástico, mas desconhecia a existência destas espécies.

R: Isso é uma grande sorte mesmo :)

C. disse...

Aqui há imensas das primeiras. Há uma que me acompanha sempre até casa lol

Gostaria de te desejar um santo Natal junto de quem mais gostas e muitas prendinhas eheheh
Beijinhos *

A disse...

Não conhecia mesmo todas as espécies xD São lindas :)

Cláudia S. Reis disse...

Algumas destas eu já conhecia [não fosse o meu namorado um fã incondicional de documentários sobre animais] mas algumas delas desconhecia por completo :)

Audrey Deal disse...

Eu acho as raposas um animal fofinho! Não conhecia todas as espécies ehe

Nea* disse...

As raposas são animais tão fofos e tão lindos!
Adoro!

R: Não sei, eu se entrasse em biologia, ia fazer a licenciatura e só quando tivesse de ser é que escolhia uma área da biologia específica. Porque eu gosto de todas, desde a genética até a zoologia!

Nea* disse...

Bom Ano***

Tulipa Negra disse...

Apesar de já ter visto algumas quando penso em raposa a imagem que me vem sempre à cabeça é a da raposa vermelha, acho que é por causa do filme "Papuça e Dentuça" =P

Carlos Henrique disse...

A raposa é o meu animal favorito com toda certeza, mas eu so conhecia a raposa vermelha, veloz e a do deserto, as outras eu nunca tinha ouvido falar, e ah, vc esqueciu a raposa branca, tb conhecida como raposa do artico, adorei essa postagem

bruna da silva gomes disse...

se isso e uma beleza pq a gente destroi as belezas da natureza quem concorda grita bem alto euuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu concordooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo em fazer minha parte pra proteger a vida selvagen

Anónimo disse...

Vendo estas criaturinhas tão bonitinhas e tão fofas e de pedigrees instigantes como esta aí que é do Afeganistão, a gente não consegue passar por aqui e ficar calado. Já tinha ouvido falar de uma de nome feneco, pequenininha e que vaga pelo deserto do Saara, vivendo altiva no limite da sobrevivência. É uma professorinha de vida...:). Deus seja louvado!...:)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...