3 de outubro de 2014

Estrelas-do-mar

Pertencentes ao filo Echinodermata, as estrelas-do-mar são de modo geral adoradas por todos nós pela sua forma característica e peculiar. Possuem um esqueleto de placas de carbonato de cálcio sob a pele. Sendo habitantes do fundos dos mares,  recifes e costas.

Existem cerca de 1500 espécies de estrelas-do-mar. Fiquem a conhecer algumas das mais emblemáticas espécies de estrela-do-mar.

1 - Estrela-de-sete-braços

A grande maioria de estrelas-do-mar possuem apenas 5 braços, mas a estrela-de-sete-braços (Luidia ciliaris) como o próprio nome indica possui 7 braços, podendo muito raramente ter 8, O corpo e os braços tem uma textura aveludada e são entre o vermelho-tijolo e o castanho-alaranjado. À volta dos braços possui uma banda de espinhos brancos e rijos, que ajudam a enterrar-se nos sedimentos atrás das presas. Possui um diâmetro até 60 cm e a sua distribuição são águas temperadas do nordeste do Atlântico e Mediterrâneo. 

2 - Estrela-mosaico

Com um padrão de cores vivas, a estrela-mosaico (Plectaster decanus) avisa os predadores que contém substâncias tóxicas. E um facto curioso é que no caso de segurar numa estrela destas com as mãos nuas, elas entorpecem. Com um diâmetro até 16 cm e com distribuição nas águas temperadas do sul da Austrália. Alimenta-se sobretudo de esponjas, que podem ser a fonte das suas toxinas. 

3 - Estrela-coroa-de-espinho

A estrela-coroa-de-espinhos (Acanthaster planci) é uma estrela que pode ter até 50 cm de diâmetro, sendo por vezes considerada uma praga, desbastando extensas áreas de corais na Grande Barreira de Colar da Austrália e nos recifes do Oeste do Pacífico. Chega a ter cerca de 20 braços e é toda coberta de espinhos longos. É ligeiramente venenosa, podendo provocar feridas dolorosas se se pegar nelas com as mãos nuas. A sua distribuição é em águas tropicais dos oceanos Índico e Pacífico.

4 - Estrela-ícone

A estrela-ícone (Iconaster longimanus) possui um padrão muito minucioso e trabalhado, com braços longos e finos e um disco plano. Estudos afirmam que esta estrela cresce muito lentamente e que os indivíduos maiores poderão viver tanto tempo como o ser humano. Com um diâmetro de até 12 cm e com uma distribuição nas águas tropicais do oceano Índico e do oeste do Pacífico. 

Não te esqueças de seguir a página de facebook do blog, pois muitas outras curiosidade se encontram lá!
Fonte: HOUSTON, R., Grande enciclopédia Oceano, Civilização, Porto, 2006.

9 comentários:

Audrey Deal disse...

As estrelas do mar são lindas! Uma vez tive uma ehe

Amante Japonesa disse...

a ultima é taoo bonita (:

P' disse...

São todas tão lindas *.* nunca tive oportunidade de ver uma estrela-do-mar ao vivo mas o meu tio em pequeno esteve com uma na mão e tem uma foto com ela :) adoro a fotografia, claro eheh

r: tenho de ir já ver essa série! Eu amo o Elijah (e o Niklaus claro eheh)

Bu' disse...

a 2ª e a 4ª são tão lindas!

Tulipa Negra disse...

São lindas, a última parece um mosaico.

Tulipa Negra disse...

R: É o Efeito-Damon, ficamos muito tempo sem ele e o nosso cérebro começa a atrofiar =P

Pretty in Pink disse...

Ai que giraas :) Adorei a segunda, mesmo bonita!!

Beijinho*

Martinha disse...

R: eu não sou aluna deslocada, por isso não preciso de regressar a casa ao fim de semana, mas acredito que para muitos a sexta-feria livre seja uma oportunidade de regressar a casa e de fazer um fim de semana prolongado, claro :)
Tento aproveitar ao máximo, lá mais para a frente vai ser ainda mais vantajosa para recuperar energias!
Adorei as estrelas do mar! Honestamente só conhecia a primeira espécie, mas a estrela mosaico é tãaao gira! Parece uma girafa :p

Emma disse...

Tão lindas! *.*

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...