2 de março de 2015

Espécies descobertas em 2014!

1. Boto-do-Araguaia (Inia araguaiaensis), uma nova espécie de boto do Brasil

É uma espécie de golfinho fluvial do género Inia, encontrada na bacia do Rio Araguaia e descrita pela primeira vez em 2014.

2. Phryganistria heusii yentuensis, o segundo insecto mais longo do mundo

É um bicho-pau encontrado no nordeste do Vietname. Pode atingir até 32 centímetros de comprimento, e 52 centímetros com os membros dianteiros estendidos. 

3. Aranha ginasta (Cebrennus rechenbergi)


Esta aranha marroquina pertence à família Sparassidae, que é conhecida por aranhas caçadoras devido à sua velocidade e modo de caça. É um animal nocturno que vive no deserto do sudeste do Marrocos, Erg Chebbi.

Segundo os cientistas, a aranha é capaz de se mover por meio de saltos, como uma ginasta impulsionando-se do chão. O animal realiza uma série de movimentos rápidos saltando a quase 2 metros por segundo, o que permite que se mova duas vezes mais rápido do que se apenas caminhasse normalmente.

4. Antechinus arktos, uma espécie de marsupial da Austrália

O Antechinus de cauda negra é um marsupial carnívoro que vive em áreas de alta altitude e alta pluviosidade na caldeira do vulcão de Queensland, até o sul-leste e nordeste de Nova Gales do Sul.

5. Nova baleia-bicuda (Mesoplodon hotaula), uma espécie do Pacífico

Esta nova espécie é possivelmente um animal raro; apenas sete exemplares foram encontrados presos em ilhas tropicais no Pacífico ocidental e central.

6. Aetobatus narutobiei, uma espécie de raia-pintada do noroeste do Pacífico

Aetobatus narutobiei é uma raia de médio a grande porte, com até 1,5 metro de largura. A espécie é encontrada nas águas ao largo do Vietname, Hong Kong, China, Coreia do Sul e Japão. É particularmente abundante na baía Ariake, no sul do Japão, onde é considerada uma praga que preda bivalves cultivados.

7. Cinco espécies de saguis da América do Sul – Pithecia rylandsi, Pithecia mittermeieri, Pithecia isabela, Pithecia cazuza e Pithecia pissinattii

O Pithecia rylandsi vive no noroeste da Bolívia, sudeste do Peru e, possivelmente, no sul do estado de Rondônia e no oeste do estado de Mato Grosso, no Brasil. O Pithecia mittermeieri é encontrado apenas no Brasil, ao sul do rio Amazonas entre os rios Madeira e Tapajós. O Pithecia isabela é encontrado somente no Peru. O Pithecia cazuza vive no Brasil, aparentemente somente no rio Solimões, em ambos os lados do rio Juruá em Fonte Boa e Uarini. O Pithecia pissinattii é conhecido apenas no Brasil, ao sul de rio Solimões na zona norte entre os rios Purus e Madeira.

Fonte: http://hypescience.com/mais-15-espetaculares-especies-descobertas-em-2014/
Não te esqueças de seguir a página de facebook do blog, pois muitas outras curiosidade se encontram lá!

7 comentários:

Pretty in Pink disse...

É inacreditavelmente interessante saber que ainda se descobrem novas espécies =D


Beijinho*

Inês Direito disse...

Algumas já conhecia :)
beijinhos
http://direitoporlinhastortas-id.blogspot.pt/

Lú cia disse...

partilha uma história dele, com uma fotografia dele.. para ele participar na rubrica :p

P' disse...

Opá amei o Boto-do-Araguaia :D só não gostei da aranha ginasta pois sou aracnofóbica até ao tutano grrr

Nea* disse...

Aquele insecto é mesmo estranho :o

Tulipa Negra disse...

Ui essa aranha seria um terror a andar atrás de mim, devia ser a forma de um começar a correr =P

Ana Pinheiro disse...

Adorei.. todos os anos são encontradas nossas espécies ::)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...